sábado, 24 de maio de 2008

Adeus lições de trigonometria

Diz-se que as autoridades de Luanda pretendem acabar com a circulação dos candongueiros no centro da cidade e trocá-los por uma frota de autocarros. Penso que será um duro golpe para todos os que, como eu, se habituaram a olhar aqueles populares taxis colectivos, cuja lotação vi tantas vezes ser esticada dos formais nove para mais de vinte passageiros, como um dos mais fortes e genuínos ícones desta terra. Acredito que a retirada destas geralmente encarquilhadas carrinhas listadas de azul e branco, que se diz representarem 50% da frota automóvel local, venha a tornar a circulação no centro de Luanda bem mais fluente. Mas também, seguramente, muito mais chata. Com que passarei então a distrair-me se acabarem com o filme diariamente projectado nas janelas do jipe que me transporta nesta cidade? Certamente que não com a banalidade dos carros que abrandam perante os sinais de perda de prioridade que antecipam uma rotunda ou um cruzamento! Ou com os que param nos stops! Ou com os que nunca por nunca circulam pelas bermas das estradas! Sequer com os que dão prioridade aos peões nos passeios! Aliás, creio bem ser capaz de regressar a Portugal se, como ameaçado, eles deixarem de fazer parte do meu dia-a-dia em Angola. Por suspeitar não mais conseguir viver aqui sem eles, sem essa contínua emoção de sinuosos desvios de rota, sem a surpresa da condução de cotovelos na janela do condutor e de cabeças a arejar em todas as outras, do espectáculo dos coloridos bonés rasta e dos fumarentos roncos dos motores movidos a reggae e a kuduro. Então e as lições de trigonometria a que assisto todos os dias no percurso para o trabalho?! Atacar as rotundas como se estivessem vazias de trâfego, passar tangentes no espaço equivalente a três faixas de rodagem para encostar ao centro, descarregar e voltar a carregar passageiros por entre um festival de buzinas e tornar a arrancar rumo à saída imediatamente à direita como se afinal circulásse no Sahara?! Fugir a um engarrafamento e acelerar em contra-mão pela berma da faixa contrária?! Não ter quaisquer pruridos em subir passeios, com duas rodas se estreitos, com as rodas todas se suficientemente largos?! Ou em enviar para o centro da via os peões atarantados?! Não parar nos sinais de controlo de velocidade de bairros residenciais?! Não ligar ao verde para os peões sempre que não se vê nenhum no passeio?! Parar a cada momento na estrada sempre que o pica, que também faz de placard, grita um destino e alguém se candidata a aumentar a lotação?! Responder, enfim, «p'ra esquadra» sempre que a polícia os descobre sem luzes, nem espelhos retrovisores, nem guarda-lamas, nem pneu sobressalente, nem registo de propriedade, nem seguro, nem carta e os coloca entre a difícil alternativa existencial de pagar multa ou passar uma temporada entre ferros?! Por isso vou já reservar o meu bilhete de regresso. Receio bem que estas alterações sejam condição suficiente para protestar o meu contrato de trabalho por aqui.

5 comentários:

yes! my love! disse...

Não sei o que mais me fascina, se os filmes que passam na minha frente ao lê-lo, se a "engenharia de ponta" da sua escrita ~~

os meus parabéns reforçadamente fascinados pelos dois posts dedicados aos candongueiros de Luanda...

( por instantes, até me apetecia ser candongueira ;)

F. disse...

Caro Roberto, já andastes numa candonga? É uma experiência que recomendo.

Roberto Ivens disse...

Y!ML!,

Aproveite enquanto os carrinhos-de-choque estão no meio da pista,,,

F.,

One of these days...

yes! my love! disse...

Quando disse, que por instantes me apetecia ser candongueira, não me imaginei em cenário real ;) e também não aprecio as pistas dos carrinhos de choque ~~

Era mesmo só em filme :) sem peões de verdade :) quiçá com "duplos" a conduzir :) e umas candongas só para partir :):)

assim tipo uma cena de acção à 007 ~~

sem stress, nem perigo, verdadeiros !!!

E uma vez que falo nisso, já pensou em escrever um guião para filme de acção ? leva jeito, sabia ?

Júlia Moura Lopes disse...

acho que seria o sitio ideal para eu começar a conduzir :-)