quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Genocídio à hora do lanche

Os milhares de civis em fuga, na sua maioria idosos, doentes, mulheres e crianças, haviam-se refugiado naquela cidade por saberem que eles estavam lá estacionados e lhes dariam protecção e segurança. Que é precisamente o objectivo número um dos capacetes azuis das forças de manutenção de paz da Organização das Nações Unidas. No entanto, depois de um cerco cerrado de vários dias, o exército invasor exigia que o batalhão da ONU abandonásse a cidade para mais facilmente poderem desarmar o que consideravam elementos da guerrilha local infiltrados na população civil. Reforçaram a negociação dessa retirada contra a entrega de alguns soldados tomados como reféns. E os capacetes azuis fizeram-no. Concedendo aos invasores o espaço, o tempo e a liberdade para a matança de todos os homens com idades entre os 12 e os 77 anos, num total de sete mil e quinhentas vítimas. Este genocídio não ocorreu no Chade, no Ruanda, na Somália, no Darfur ou noutro qualquer lugar da África suspeita do costume, mas sim na mui europeia Bósnia e sob os olhares, televisivos de todas as refeições, da ainda mais civilizada Europa Comunitária. Hoje, pelos vistos, ilibámo-nos. O que poderá querer dizer que, no presente, tudo poderia voltar a ocorrer da mesma forma e, se calhar, continuaríamos todos a lanchar em frente ao televisor.

13 comentários:

F. disse...

Em seu "A Guerra do Futebol", Ryszard Kapuscinki escreveu, acerca das Nações Unidas: "O pessoal das Nações Unidas forma um clã fechado e boa parte de seus membros olha para tudo e para todos de uma perspectiva global, ou seja, de cima. Usam a palavra global em cada frase, de modo que é muito difícil resolver com eles alguma questão simples, humana". Ele escreveu isso em 1961, quando foi pedir ajuda ao representante da ONU no Congo, porque havia sido avisado que morreria se não deixasse a cidade de Stanleyville.

Roberto Ivens disse...

F.,

É isso aí. O relato diário das dificuldades/barreiras/insensibilidade de comunicação entre as várias "partes" da ONU no terreno são arrepiantes. Demasiado sofá...

yes! my love! disse...

Roberto,

vc acredita que ontem este poste quase me matou de comoção ?

a brutalidade humana consegue concorrer com a brutalidade de um tsunami ~~

isso nós todos sabemos! mas nunca se está preparado para "assistir" ao resultado!

Num outro dia 11 de Setembro,

eu estava a almoçar quando um segundo avião se infiltrou na outra torre, sob o meu olhar incrédulo e o do resto do mundo ~~

até numa invasão extra-terrestre eu pensei ~~

enfim, o caos,

quiçá o princípio do fim da gravidade ~~

mas não! eram mesmo e só (?)cenas de ficção científica, feitas realidade, pura e dura,

quem nunca as vira, nas salas de cinema ?

( um doce e um cachecol do Glorioso a quem se lembrar do filme em que os aviões entram pelos prédios dentro ~~ )

anfitrite disse...

O que pretende dizer ao afirmar "mui europeia Bósnia", que se lançou na aventura de deixar instalar anti-mísseis, no seu território, julgando que assim ficava debaixo da asa protectora dos EUA?!

anfitrite disse...

Não tinha lido a nptícia e associei a Bósnia à Georgia por ser um assunto mais actual.
Já agora, por causa do nine eleven, já alguém pensou quantos milhares de pessoas já morreram, continuarão a morrer, porque o mundo nunca mais será o mesmo, além de ter sido destruido o berço de toda uma civilização. Alguém assistiu, em directo, ao bombardeamento do hotel Babilónia?
Será que mais alguém poderá tomar o pequeno almoço descansado por causa de meia dúzia de loucos interesseiros? Eles nem podem ser acusados porque não reconhecem o TI de Haia!

Roberto Ivens disse...

YML e Anfitrite,

Desgraçadamente, qual novo ingrediente, a barbárie faz cada vez mais parte das nossas refeições no dia-a-dia...

yes! my love! disse...

[ para o caso de vir a ser publicado : CUIDADO: comment contra-indicado aos mais sensíveis! depois, ninguém diga que eu não avisei ~~]


Anfitrite,

o doce e o cachecol são seus!!!

na verdade, não era este:

http://br.youtube.com/watch?v=_ZWElC-Qsb4o

o filme em que eu estava a pensar, mas a culpa foi minha, porque não expliquei que queria um filme anterior ao atentado ~~

e que pode ter servido de fonte de inspiração aos anormais que resolveram fazê-lo com aviões prédios e pessoas a sério ~~

Mas, é muito mais fácil culpar alguém que mora do outro lado do Mundo,

do que as más influências de uma política cinematográfica perfeitamente assassina ~~

que actua todos os dias, sobre o cérebro de milhões de seres humanos de todas as raças, devidamente escoltada pelas inseparáveis pipocas e magia da coca-cola!!!

a morte e o sofrimento humanos, ao vivo e a cores, foi como todos sabemos, um dos espectáculos mais apreciados por civilizações (?) poderosas (?)


depois passaram das arenas com os leões, para os campos dos muitos holocaustos, depois para as salas de cinema, já dem a "pica" do sangue e das lágrimas de verdade,

e como não podia deixar de ser, porque sem "pica desta" há quem não consiga viver ~~

o divertimento continua, um pouco por todo o lado,

com as miras e os holofotes todos a postos para poder ser melhor sucedido, perdão, noticiado, perdão, sucedido, ou noticiado, de preferência em horários nobres,

e podendo ser "um directo" como aconteceu no caso das duas torres,

não há dúvida que os Romanos e as suas monumentais arenas, jamais poderiam competir com os loucos dos nossos dias, pelo menos em plateia ~~

se um deles aqui voltasse agora, lesse este comment e visse o vídeo do Nine Eleven ~~ seria a frustração total!!!


Vistas bem as coisas, dos dias de ontem ~~

http://br.youtube.com/watch?v=qfz2fVidE80&feature=related

para os nossos dias, só mudam as vestes, os rostos, os nomes,

e sobreTUDO a forma de fazer o espectáculo,

porque a LOUCURA, permanece a mesma!!!

MAS, talvez seja tudo culpa dos genes!!!

E o ser humano, esteja ainda numa fase da sua evolução biológica/cultural,

com tanto de humano, como de monstro canibal!!! pena é, que com tanta inteligência e loucura à mistura,

ninguém o consiga admitir!!! estando no palco ou na plateia!!!

yes! my love! disse...

O´link do Vídeo do Nine Eleven estava errado,

penso que é este

http://br.youtube.com/watch?v=_ZWElC-Qsb4

sorry!

yes! my love! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
anfitrite disse...

Yes,
Gostava de exclarecer uma coisa:
Eu não me referia a filme nenhum, mas sim a una data, porque detesto especulações. Por acaso tenho o dvd, mas ainda não o vi. Como não vejo o youtube, a não ser algum especial, que alguém me recomende.
A minha análise, baseia-sa em muitos conhecimentos que adquiri, antes da banalização da WWW, e resulta da síntese que faço de tudo o que sei, do que vejo, com olhos de ver, do que leio e depois da filtragem que o meu cérebro faz.
Quanto a cachecóis e a glorioso, não sei ao que se está a referir, porque eu não vou em futebóis, nem em alienações colectivas. No entanto sou fã do Benfica, como um grande clube que unia pessoas e não interesses.

Já agora deixem-me falar da única maneira que sei: directa e objectiva.
Detesto perder tempo a escolher palavras doces. Espero que as pessoas tenham a inteligência suficiente para perceber exactamente o que está escrito e não perderem tempo a pensar no que eu poderia querer dizer. Posso não ser suave, mas quem o pode ser se olhar para o que se passa à sua volta?
E se quiserem ver imagens reais de quem tem andado por este mundo cruel vão a:

http://www.jamesnachtwey.com

Boa noite.



P.S.- RY, é pena(?!) já cá não estar porque descobri um sítio, que aluga através da net, todos os filmes que possa imaginar. Só que por enquanto ainda os manda fisicamente, mas espera-se que em breve possa ser feito o dowload, temporário, no computador do cliente.

Teresa disse...

Então não é que esta doida, desdobrada em duas (e mais umas tantas neo-personagens e nicks) não conhece fronteiras para o seu ingénuo
mas incomadativo disfarce?

Valham-nos os deuses, cristãos ou polifórmicos, das macumbas ou de mãe de Santo... a net acolhe cada coisa!

yes! my love! disse...

Muito embora se diga que vivemos num País livre, na prática, ainda serão precisos muitos anos até que todos consigam aprender o significado da palavra " Liberdade "!

A blogoesfera é um bom exemplo disso! E sem procuração de ninguém, aqui fica um contributo ~~ que nos pode ajudar a todos nesse caminho, sem dúvida difícil mas absolutamente necessário ~~


“No mundo sempre
existirão pessoas
que vão me amar
pelo que sou,
outras que vão
me odiar
pelo que sou
e outras, ainda,
que ora vão me amar
ora vão me odiar.
Sabendo disso,
vivo livre.
Falo o que penso,
faço o que tenho vontade,
mudo de opinião
ao meu prazer.
O importante é
agradar a mim!
Eu tenho de
estar feliz comigo
e para isso
não posso fazer
nada pensando
em agradar
outra pessoa
senão eu mesma.”
Elis Regina

http://br.youtube.com/watch?v=-HtuukUpSwA&feature=related


PS. Teresa,

a Vida é um bem demasiado precioso ~~ que não merece ser consumido com tanta amargura ~~

anfitrite disse...

"Dizem que pareço um ladrão/
mas há muitos que eu conheço/
que não parecendo o que são/
são aquilo que eu pareço."
in "Este livro que vos deixo" de António Aleixo.
Felizmente que não tenho a mania das grandezas, porque com tantos heterónimos era capaz de me julgar o Fernando Pessoa.